Quem Somos

DCX trabalha na realização, produção e assessoria de eventos em parceria com grandes empresas do segmento, entre elas a E3. Com objetivo de oferecer soluções personalizadas, inovadoras e completas conforme necessidade e perfil de cada evento, através do melhor custo benefício, qualidade, excelência no atendimento e na prestação de serviços aos clientes.

 

O diferencial em contratar a DCX Eventos, começa pela equipe de profissionais altamente qualificados para trabalhar em todas as áreas iniciando pelo processo de planejamento, onde conta também com um leque em opções de empresas terceirizadas colocando a disposição do contratante o melhor trabalho a ser executado conforme a demanda e abrangência da festa a ser realizada.

Notícias

  • Sáb 15 Dez 2018 11:06

    Leo Chaves lança primeira música solo após pausa da dupla com o irmão Victor...

    Leo Chaves lançou nesta sexta-feira (14) música e clipe de "Ave Maria no Morro", seu primeiro trabalho solo após a pausa na carreira em dupla com o irmão Victor. A canção, um clássico de Herivelto Martins que já fez sucesso em várias vozes, chega em clima de Natal com um clipe gravado na Serra da Canastra, em Minas Gerais, com participação do ator Tonico Pereira e moradores da cidade de Vargem Bonita....
  • Sáb 15 Dez 2018 11:05

    Pior música da história": Fãs detonam faixa de Pitbull na trilha de "Aquaman"

    Será que, quando Pitbull e Rhea se juntaram para gravar "Ocean to Ocean", para a trilha sonora de "Aquaman", eles sabiam que estavam fazendo "a pior música da história"? É assim que um dos usuários do YouTube definiu a faixa no vídeo postado no canal oficial da gravadora. Ouvida mais de 152.000 vezes desde quinta-feira (13), a música tem impressionantes 2.500 "dislikes". Aumentando a ofensa sentida por alguns fãs: "Ocean to Ocean" é uma versão de "Africa", clássico da banda Toto. "Há algum jeito desta música fazer o Pitbull ser preso por crimes de guerra?", perguntou outro usuário do YouTube.... - Veja mais em https://entretenimento.uol.com.br/noticias/redacao/2018/12/14/pior-musica-da-historia-fas-detonam-faixa-de-pitbull-na-trilha-de-aquaman.htm?cmpid=copiaecola
  • Sáb 15 Dez 2018 11:02

    Em nota, Fernanda Lima se manifesta pela primeira vez sobre sertanejo Eduardo Costa e desmente jornalista

    A apresentadora Fernanda Lima emitiu um comunicado nesta sexta-feira, 14, explicando o processo que está movendo contra o cantor Eduardo Costa, que a ofendeu nas redes sociais e a chamou de “imbecil”, entre outras palavras. Em nota, ela destacou que foi agredida moralmente e que recebeu ameaças por parte de uma fã do cantor, e ainda desmentiu as falsas informações propagadas acerca do assunto, que foram replicadas por alguns veículos de notícias. Leia a seguir o texto na íntegra: “Em tempos de fake news é melhor esclarecer os fatos. – Sobre o Sr. Eduardo Costa:Depois de ser difamada, agredida e ameaçada por ele através de um post indignado, procurei orientação jurídica a fim de proteger a mim e a minha família. Fui orientada a processá-lo, pois dessa forma inibiria agrssões futuras. E assim o fiz. Após eu autorizar o processo, o Sr. Eduardo Costa pediu desculpas através de outros programas a que foi convidado, deixando claro que não se arrepende do que disse e sim da forma como disse. Tendo em vista que ele me agrediu moralmente, me ameaçou, incitou o ódio de seus fãs contra mim (ontem mesmo minha assessoria recebeu telefonema de um fã dele me ameaçando) e atacou o meu trabalho, não entendo que pedido de desculpas é esse. Além disso, um pedido de desculpa verdadeiro pode até ser louvável, mas ele não repara o mal que fez a vítima. Faz parte do machismo estrutural transformar a vítima em ré. Era justamente esse o assunto do programa Amor e Sexo que tanto indignou o meu agressor. – Quero também esclarecer sobre nota do jornalista Ricardo Feltrin.Meu caro colega, me desculpe a intimidade, mas como também sou jornalista tomei a liberdade. Diante dos fatos relatados acima e depois de uma entrevista que o Sr. Eduardo Costa concedeu ao nosso colega Pedro Bial, o senhor publicou (e muitos veículos, sem checar a veracidade de sua nota, replicaram) que “fontes” muito próximas relataram que eu teria dado um “chilique” e que eu teria ficado “possessa” e até teria pegado “ranço” do Pedro Bial por ter entrevistado o cantor. Colega, sua fonte sequer me conhece e muito menos é próxima. Quando tudo isso se deu, eu estava em um retiro de meditação, incomunicável por dois dias, e só fiquei sabendo dos acontecimentos quando cheguei em casa e minha assessoria me mandou a sua coluna. Outra inverdade da sua última nota sobre mim é que eu fracassei ao tentar fazer com que o Sr. Eduardo Costa não fosse mais convidado por outros programas da TV Globo. Pois, para seu conhecimento, não tenho ingerência sobre a escolha de convidados da emissora (com exceção do Amor e Sexo). Ricardo, essa é outra forma que o machismo estrutural usa para desqualificar uma mulher quando ela é vítima. É simples dizer que ela é louca, descompensada, dá chiliques, logo não tem razão nenhuma sobre os fatos. Inclusive, Ricardo, esse era o tema principal do Programa Amor e Sexo que gerou tanta polêmica. – Viu como é importante falarmos e sabotarmos essa engrenagem machista? Conto contigo.. Fernanda Lima”